Home » PacaembuCNC » Ministro do Desenvolvimento diz que volta da CPMF seria ‘retrocesso’

Ministro do Desenvolvimento diz que volta da CPMF seria ‘retrocesso’

08 de janeiro de 2015
PacaembuCNC

Para Monteiro, recriação seria ‘desfuncional para a economia’.
Ele assumiu a pasta nesta quarta em substituição a Mauro Borges.

Priscilla Mendes
Do G1, em Brasília

md O novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, afirmou nesta quarta-feira (7) que a eventual recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação ou Transmissão de Valores e de Créditos e Direitos de Natureza Financeira (CPMF) é um “grande retrocesso”.

Armando Monteiro assumiu o ministério nesta tarde em substituição a Mauro Borges. Durante solenidade, anunciou um plano de incentivo às exportações.

Em entrevista à imprensa, comentou sobre possível volta da CPMF. “Essas especulações em torno da CPMF sempre estiveram mais localizadas no ambiente politico do que propriamente no ambiente de formulação da politica macroeconômica”, afirmou.

O ministro reconheceu que há “subfinanciamento” na área da saúde, mas disse esperar que a ideia de se reeditar a contribuição “não prospere”. “É um retrocesso pelas características do imposto, que é cumulativo e que, ao meu ver, é desfuncional para a economia”, completou.

Do G1 em Brasília 08/01/15

E-mail

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^